O Outro Lado do Paraíso: Antes “amigos”, Vinícius se surpreende com atitude....

O Outro Lado do Paraíso: Antes “amigos”, Vinícius se surpreende com atitude....

O Outro Lado do Paraíso: Antes “amigos”, Vinícius se surpreende com atitude de Gustavo e fica rev

Leia tudo

O Outro Lado do Paraíso: Antes “amigos”, Vinícius se surpreende com atitude de Gustavo e fica revoltado

O capítulo desta quarta-feira, 14, de O Outro Lado do Paraíso mostrará o delegado Vinícius(Flávio Tolezani) mais desesperado do que nunca. O homem pedirá ajuda ao “amigo” Gustavo (Luis Melo), juiz de Palmas. Antes, o acusado de pedofilia já recorreu à mocinha Clara (Bianca Bin) e à enteada Laura (Bella Piero) sem sucesso.

“Vinicius, que ótima surpresa. Nossas famílias antes se viam tanto, quando as crianças eram menores. Agora que cresceram, nem um churrasco”, falará o marido de Nádia (Eliane Giardini) ao receber o delegado em seu gabinete. “Pare com o teatrinho, Gustavo”, pede o delegado.

“Que teatrinho? Eu só estou expressando o valor que dou à nossa amizade”, explicará o magistrado. “Pois então expresse esse valor da melhor maneira. Sei que o seu filho, aquele moleque, enviou a denúncia da Laura pra cá. A denúncia contra mim”, falará Vinícius, indo direto ao ponto.

“Já estou a par. Não chame meu filho de moleque. Está iniciando uma brilhante carreira de delegado”, pedirá. “O Bruno [Caio Paduan] podia ter rasgado a denúncia. Mandado a Laura pro hospício, que é o lugar dela. Mas não. Ele acolheu. Falei com ele, quase me ajoelhei pra ele engavetar, deixar o tempo passar, até ela desistir. Mas não, ele mesmo disse que enviou pra cá”, contará o acusado.

+ Fora do Brasil, Aguinaldo Silva acelera capítulos de O Sétimo Guardião

“Enviou. Não vou negar. Veio para minhas mãos”, revelará o comparsa de Sophia (Marieta Severo). “Que alívio. Você sim, é meu amigo. Ótimo. Vai segurar a denúncia, deixar o tempo passar. Eu sei que um juiz pode demorar meses, se quiser, com um processo desse tipo”, dirá o delegado.

“Vinicius, a amizade entre nossas famílias é conhecida. Eu não podia me comprometer”, justificará o juiz. “O quê?”, questionará o padrasto de Laura. “Pode ser prejudicial à minha carreira, se eu me deixar envolver. Sabe como é a língua do povo”, explicará Gustavo.

“Você tem medo do que possam falar? É um juiz vendido, que aceita caixinha, corrupto. Diz que é meu amigo? É um covarde, que agora, que podia me ajudar, está se escondendo atrás da escrivaninha”, rebaterá Vinícius, completamente surpreso com a atitude do “amigo”.

+ O Outro Lado do Paraíso: Lorena surpreende em julgamento do marido, Estela toma importante decisão e Vinícius entrega podres de Sophia

“Nem mais uma palavra ou será processado também por desacato à autoridade”, avisará o magistrado. “Diz, covarde, o que fez com o processo?”, indagará o assediador. “Enviei para o promotor como manda a lei”, revelará Gustavo. “Canalha!”, dirá Vinícius, dando um soco na mesa.