Leila quer ajudar nas contratações, mas ainda não houve pedido do Palmeiras

Leila quer ajudar nas contratações, mas ainda não houve pedido do Palmeiras

Ao contrário do que ocorreu em anos anteriores, nenhuma das três contratações do Palmeiras até o momento (Lucas Lima, Diogo Barbosa e Emerson Santos) teve ajuda direta da Crefisa e da Faculdade da

Leia tudo

Ao contrário do que ocorreu em anos anteriores, nenhuma das três contratações do Palmeiras até o momento (Lucas Lima, Diogo Barbosa e Emerson Santos) teve ajuda direta da Crefisa e da Faculdade das Américas. Porém, segundo Leila Pereira, conselheira do clube e executiva das patrocinadoras, as empresas estão à disposição para o que for preciso.

– Em todos esses anos tem havido essa colaboração. Neste ano, ainda não fomos chamados para conversar sobre aquisição de jogadores. Mas, como eu sempre digo, estou aberta para conversar com o presidente. Se estiver ao nosso alcance, a gente não mede esforços para ajudar na aquisição, com o que quer que seja – disse a empresária em entrevista ao GloboEsporte.com nesta quarta.

Somente no ano passado, a parceira investiu na chegada (ou no pagamento de parcelas restantes) de oito jogadores. Entre eles, o atacante colombiano Miguel Borja, de R$ 33 milhões, quantia mais alta da história do clube.

Para 2018, sugestões de reforços não faltam. Em suas contas nas redes sociais, Leila recebe centenas delas. A empresária tem 150 mil seguidores no Instagram e 343 mil no Facebook.

– Toda noite, eu leio. Não leio todos (os pedidos), leio por amostragem (risos), porque são muitos. Mas é importante você ouvir o que as pessoas que seguem pensam. É isso o que faço nas minhas empresas e acho que o clube tem de ouvir seus torcedores. Eu me divirto demais, eles não se cansam – diverte-se ela, antes de lembrar que a decisão por contratações parte exclusivamente da diretoria.

– Eu não escolho jogador, eu não me meto na parte técnica, mas o torcedor não quer saber. Eles me pedem uma infinidade de jogadores, são muitos comentários.

Segundo o presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte, serão ao todo "quatro ou cinco" reforços, com os três já confirmados. O goleiro Weverton, do Atlético-PR, e o lateral-direito Rafinha, do Bayern de Munique, estão em negociação. Mas, além deles, nomes como os dos meia-atacantes Ricardo Goulart (Guangzhou Evergrande) e Bernard (Shakhtar Donetsk) também são especulados nos bastidores – e sugeridos à patrocinadora.

– O torcedor tem que ser menos insaciável (risos). Todas as aquisições, no fundo, têm uma participação da patrocinadora. Já proporcionamos o maior patrocínio das Américas, valor que é para ser investido no futebol. O torcedor também pode ajudar sendo sócio torcedor. Tem um pedacinho de todos ajudando. Todos temos que colaborar – brinca Leila.

Posts Relacionados

.