Neto prega humildade e alfineta adversários ao responder sobre 2018

Neto prega humildade e alfineta adversários ao responder sobre 2018

Domingo, 02 de Outubro de 2016 - 10:44 Por Cíntia Kelly e Luiz Fernando Lima | Fotos: Gilberto Júnior / Bocão

Leia tudo

Domingo, 02 de Outubro de 2016 - 10:44
Por Cíntia Kelly e Luiz Fernando Lima | Fotos: Gilberto Júnior / Bocão News

O prefeito e candidato à reeleição ACM Neto (DEM) chegou para a votação deste domingo (2) com o índice de intenção de votos superior aos 70%. Em entrevista coletiva concedida na entrada da faculdade de Administração da Ufba, no Vale do Canela, o democrata pregou humildade até a última hora.

“Nós estamos confiantes na vitória. É claro que temos que manter a humildade até a última hora. Não existe eleição ganha até que o resultado seja proclamado. Tudo que aconteceu durante a campanha e nos últimos quatro anos nos deixa confiantes”.
Questionado sobre a ausência de Geddel Vieira Lima (PMDB), ministro-chefe da Secretaria de Governo de Michel Temer, na campanha, Neto saiu-se com essa: nem a dele, nem a de ninguém. Só apareceram duas pessoas na minha campanha. Eu e o povo de Salvador. O nosso foco era priorizar as realizações que fizemos. A campanha foi toda focada no nosso trabalho.

A respeito da saída do cargo, caso se confirme a reeleição, em 2018 para disputar o governo estadual, Neto, como não poderia deixar de ser, negou estar discutindo tal cenário.

“Trato como especulação. Isso não sai da cabeça dos meus adversários. Eu fui claro e transparente ao dizer que este assunto não foi tratado nas eleições. Eu não estou preocupado com 2018. Hoje é olhar para o que vai acontecer nestas eleições. Caso tudo dê certo. Nosso foco e prioridade será preparar o governo de Salvador para que seja tão bom quanto o primeiro”.






Posts Relacionados